Assis Chateaubriand, segunda-feira, 06 de abril de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Assis Chateaubriand

28/02/2020

Município de Assis Chateaubriand investe cerca de R$100 mil e busca zerar fila para cirurgia de pterígio

Município de Assis Chateaubriand investe cerca de R$100 mil e busca zerar fila para cirurgia de pterígio

O Governo Municipal de Assis Chateaubriand, através da Secretaria de Saúde, está investindo aproximadamente R$ 100 mil para quase zerar a fila de espera de pacientes que buscam pela cirurgia do pterígio – popularmente chamado de "carne nos olhos" ou "carne crescida". Trata-se de uma lesão avermelhada que atinge o branco dos olhos e pode se estender até a córnea, prejudicando diretamente a visão. Entretanto, a inflamação é benigna, mas requer tratamento e, dependendo do caso, cirurgia.

Na última sexta-feira, 21, a Secretaria de Saúde convocou 80 pacientes que buscam auxílio da Administração para o procedimento cirúrgico e, na oportunidade, foram orientados sobre o atendimento. "Essas pessoas serão encaminhadas para uma avaliação médica especializada, em uma clínica credenciada junto ao Município. Sendo confirmada a necessidade de cirurgia, a mesma será feita e os custos serão arcados pela Secretaria de Saúde, uma vez que, para cada olho, o valor é de cerca de R$ 480", explicou o secretário de Saúde, Renato Augusto Marcon.

"Parte dos recursos utilizados para essa finalidade é proveniente da devolução feita pela Câmara Municipal ao poder executivo, em dezembro do ano passado. Os próprios vereadores sugeriram que o montante fosse destinado para atendimento aos pacientes que esperam pela cirurgia. Com esse investimento, estamos próximos de zerar a fila de espera", destaca o prefeito, João Pegoraro.

Características do pterígio

O pterígio normalmente se desenvolve em pessoas de 30 a 50 anos. Isso porque trata-se de uma inflamação silenciosa e vai crescendo com o decorrer do tempo. Seu desenvolvimento está associado à mutação da célula dos olhos, causada pela radiação solar (raios UV). Outras causas também estão associadas a esse tipo de inflamação, como a síndrome do seco, vento e poeira, principalmente em época de clima mais seco.

O crescimento do pterígio começa no canto dos olhos, podendo ser mais perto do nariz ou próximo aos ouvidos. Geralmente, não apresenta sintomas de início, mas quando há evolução do crescimento, algumas sensações podem ser notáveis, como ardência nos olhos, coceira, sensação de poeira ou queimação nos olhos e olho vermelho.

O procedimento cirúrgico costuma levar de 30 a 45 minutos, e consiste na remoção da inflamação e preenchimento com o próprio tecido dos olhos ou enxertos. O uso do tapa-olho é importante na fase de recuperação dos pacientes.

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3838-7475

Fonte: ASSIS CHATEAUBRIAND | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA

OPINE!

CIDADE PORTAL
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.

Desenvolvido por Cidade Portal